top of page
Buscar
  • Foto do escritorHelio Azevedo

Como aplicar o Ganha X Ganha todos os dias

Atualizado: 21 de fev. de 2022

Existem por aí alguns mitos, como por exemplo de que as negociações Ganha X Ganha não existem e são apenas estratégias para vender cursos.


Entretanto, as negociações desse modelo existem sim e são usadas em diversos tipos de negociações. São elas as 3 negociações mais importantes: A distributiva, a integrativa e a criativa.


Você pode estar se perguntando, afinal, como o Ganha X Ganha atua em cada uma delas? Então continue com a gente que você irá entender!


Modelos de negociação Ganha X Ganha


Existem 3 modelos de negociação diferentes e cada um é indicado para determinada situação e é fundamental que você entenda quais são eles e como funcionam.


Negociação distributiva


A distributiva é um dos modelos mais comuns de negociação e está dentro do padrão ganha X ganha. O que acontece é que muitas pessoas praticam sem mesmo conhecer a definição.


Bom, vamos lá! Em primeiro lugar, esse modo de fazer negócios está intimamente relacionado a uma disputa.


São exemplos disso, os casos de divórcio e separação de bens, as brigas por divisão de herança, ou mesmo as separações de sociedades.


Esse modelo prevê a separação de um todo de 100% em partes, como por exemplo, alguém que ficará com 60% e outra pessoa com 40%.


Sendo assim, quanto mais pessoas, menor o percentual. É por isso que há tantos conflitos nesse modelo de negociação, porque quanto mais um ganha mais o outro perde.


Negociação integrativa


Quando falamos em negociações integrativas é completamente diferente da distributiva.


Isso porque ela prevê que quanto mais valor for agregado, melhor será para o jogo. Sendo assim, vale a pena considerar que existem 4 motivos para se ter um determinado modelo de sócio.


O primeiro deles é buscar pelo sócio capitalista. Esse tipo de sócio é aquele que tem grana, ou seja, pode injetar dinheiro na sociedade.


O segundo motivo é oposto ao anterior, trata-se da busca pelo sócio especialista. Esse nada mais é que aquele que detém o conhecimento daquela determinada área.


O terceiro motivo é o chamado branding, quer dizer, aquele que tem a marca. Sendo assim, buscar fazer sociedade com pessoas que já possuem fama, ou um nome no mercado e contatos interessantes, é uma boa alternativa.


E por último, o quarto motivo é buscar por um sócio que já conte com uma carteira de clientes. Assim, ele provavelmente irá agregar mais consumidores para o seu negócio.


Conhecendo esses modelos de sócios, é possível que você consiga agregar valor ao seu negócio selecionando o modelo de sócio que mais se encaixa naquele momento.




Negociação criativa


Esse sem dúvidas é o modelo de negociação mais importante, isso porque ele realmente prova que o Ganha X Ganha funciona.


Além disso, o próprio nome explica a sua funcionalidade. O que acontece é que nesse modelo de negociação é preciso usar a criatividade para fazer um bom negócio para todas as partes.


Vamos usar como exemplo a venda de uma casa. Se eu desejo vender uma casa e existe alguém que busca um imóvel exatamente como é a minha casa, é uma questão de criatividade para fecharmos um negócio.


E isso se aplica também ao B2b, já que podemos estar falando de uma fábrica ou uma empresa.


Nesse modelo de negócio, é importante entender que o outro lado nada mais é que um cliente e não um competidor.

Conclusão


Vale muito a pena conhecer esses modelos de negociação e compreender que não existe pessoa jurídica, mas sim pessoas que formam um jurídico. Logo, você não fecha negócios com empresa, você fecha com pessoas que formam uma empresa.


E se você gostou do nosso texto não deixe de seguir as nossas redes: instagram, youtube, linkedin e acompanhar por lá mais conteúdos como esse.

Confira também o nosso curso sobre TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO para vendedores pelo link https://oproximonivelemvendas.insider.training/tecnicas-de-apresentacao


14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page