top of page
Buscar
  • Foto do escritorHelio Azevedo

Flipped Learning: conheça o método e inove nos treinamentos corporativos

Flipped learning é um método educacional que começou a se popularizar há seis anos. Consiste em um aprendizado invertido, no qual o ensino acontece em um espaço individual, como em casa, ao invés da empresa, por exemplo. O tempo que seria usado no treinamento para explicar conceitos, agora é aproveitado para a realização de atividades práticas como projetos, discussões em grupo e resolução de problemas.


Portanto, o conteúdo é estudado de forma on-line, antes do funcionário comparecer ao treinamento, para depois, junto com seu instrutor e sua turma, aplicar os conceitos que foram aprendidos independentemente. Com o flipped learning, o treinamento se transforma em um espaço dinâmico e de interação.


Essa forma de ensino proporciona aos funcionários a oportunidade de entrarem em contato com outras tecnologias educacionais, consequentemente ampliando suas curvas de conhecimento. Sendo assim, cada funcionário tem liberdade para optar pela maneira que achar mais fácil aprender.


Saiba como manter a produtividade da sua equipe de funcionários:


Conforme mencionamos, o flipped learning promove um melhor aproveitamento das práticas, mas além disso, existem outros principais benefícios. Veja:


Flexibilidade: o funcionário tem mais autonomia e responsabilidade sobre o seu método de aprendizagem . O flipped learning proporciona flexibilidade para que o funcionário consiga estudar toda a teoria nos horários em que ele mesmo preferir. Isso porque existem pessoas que se ajustam melhor estudando em horários diferentes, nos finais de semana, de madrugada, dentro do ônibus...


Ritmo com autonomia: cada colaborador pode estudar o conteúdo teórico conforme o seu ritmo de aprendizagem. Nem todas as pessoas possuem as mesmas facilidades ou dificuldades no processo de aprender, alguns absorvem o conteúdo rapidamente, enquanto outros precisam de um pouco mais de tempo.


Na educação com flipped learning, cada pessoa define o seu ritmo.


Ensino reforçado: dependendo do interesse do colaborador, ele poderá revisar os conteúdos quantas vezes achar necessário e na ordem que quiser. Esse é um dos benefícios mais valiosos, pois permite que o aluno tenha acesso ilimitado às informações, possibilitando ter sempre em mãos os materiais que desejar rever.


Lacunas de aprendizado visíveis: o flipped learning permite que as lacunas de compreensão do conteúdo fiquem visíveis. Através do feedback imediato e das verificações de aprendizado no decorrer do curso, o funcionário tem a oportunidade de rever todas as áreas que possuem dificuldades. Assim, previne o acúmulo de matérias e faz um melhor aproveitamento das aulas.


Debates avançados: esse é outro benefício super importante, isso porque possibilita a promoção de debates mais produtivos durante o treinamento, já que o conteúdo foi estudado antecipadamente. O tempo não é mais usado para explicar conceitos, mas sim para debater a aplicação dos conteúdos em cenários reais.


O surgimento dessa modalidade de ensino deve incluir planejamento e estruturação dos conteúdos que serão passados on-line. Assim como as práticas aplicadas e discutidas presencialmente. A forma de ensino e o ambiente precisam estar vinculados às necessidades do público-alvo. Para isso, as questões referentes à metodologia e apresentação dos conteúdos precisam antes de tudo, ser compreendidas.


O flipped learning oferece mais vantagens quando aplicado no ambiente corporativo, pois possibilita que as atividades práticas sejam efetuadas no contexto da empresa em que o treinamento está sendo aplicado.


Na educação corporativa on-line, a metodologia de elaboração do curso e a plataforma devem ser planejados. Em ambientes assim, as despesas por ter vários colaboradores juntos ao mesmo tempo em sala de aula, é grande. Desta forma, aplicar o método de sala de aula invertida além de ajudar a moderar os gastos, também proporciona um tempo melhor aproveitado para discutir e resolver dificuldades reais da empresa.



Na prática, os conteúdos de aprendizagem são geralmente cursos on-line e palestras gravadas, portanto, os colaboradores podem acessar esses materiais por conta própria, de dentro do escritório, de suas casas ou onde desejarem. Em seguida, é hora de aplicar no ambiente presencial os conceitos que foram aprendidos por conta própria.

Assim como no ambiente escolar, o flipped learning também oferece diversos benefícios para as empresas.


Personalização

O flipped learning pode auxiliar os colaboradores a dedicarem mais tempo onde realmente precisam. Em uma palestra presencial, por exemplo, todas as pessoas precisam estar acompanhando o conteúdo em sincronia, não podem escolher em que se concentrar. Ao implementar o aprendizado invertido, seus colaboradores terão a oportunidade de focar em tópicos que não entendem e avançar nas matérias que já aprenderam.


Aprendizagem ativa

Nos ambientes tradicionais, é o treinador que tem o dever de saber quais conhecimentos precisa compartilhar e garantir que eles sejam passados futuramente. Por conta disso, acaba se tornando muito fácil para o colaborador desprender sua atenção durante uma palestra. Com o aprendizado invertido, a pessoa se torna seu próprio treinador, sendo necessário ensinar para si mesma tudo o que precisa saber.


Aprendizagem prática

O tempo de prática deve ser usado para trabalhar habilidades práticas. Por exemplo, há maneiras de estudar por conta própria sobre futebol através das suas teorias. Mas também, é necessário passar um tempo realmente praticando o esporte, com sua equipe e seu treinador. Ou seja, o flipped learning garante que o que é aprendido, será colocado em prática no dia-a-dia da empresa.


Custos reduzidos

Como já citado no decorrer da leitura, a transmissão de conhecimento por meio do treinamento presencial é muito mais cara do que pelo aprendizado invertido.


Quando feito presencialmente, o treinamento possui custos adicionais, como a contratação do instrutor externo, as despesas dele e dos funcionários, local para hospedagem, horas não trabalhadas. Com o aprendizado invertido, quem faz a maior parte de todo o processo de aprendizagem são os próprios colaboradores, portanto, os custos são reduzidos.

Implementar o flipped learning nos programas de treinamento dos colaboradores acaba potencializando o tempo de todos eles. Além disso, transmite o controle e a responsabilidade para eles. Algo que, posteriormente, vai auxiliar na transferência de conhecimentos para a prática.


Diante de tantos benefícios, é impossível deixar essa estratégia de fora da sua empresa! Vamos colocar em prática?


88 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page