top of page
Buscar
  • Foto do escritorHelio Azevedo

10 dicas para treinar e motivar sua equipe

Buscar as melhores soluções para treinar e motivar sua equipe é algo com que todo gestor deve se preocupar.

Afinal, não importa quais sejam seus produtos ou serviços, são as pessoas que fazem seu negócio funcionar na prática.

Por isso, nós aqui da Insider preparamos este artigo com 10 ideias para inspirar as ações de treinamento e desenvolvimento na sua empresa.

Para facilitar seu trabalho, dividimos o conteúdo em duas listas:

  • dicas para o treinamento de funcionários

  • dicas para motivação de equipes

Vamos lá?


Como treinar sua equipe em 5 dicas


1. Crie situações-problema

Simular situações desafiadoras envolvendo o trabalho em equipe é uma excelente forma de preparar seus funcionários para transformar problemas em oportunidades.

Além de testar seus colaboradores para ver como eles reagiriam diante de uma situação-problema, esse método também serve para dar voz ao grupo, estimulando ideias e sugestões para melhorar os processos internos.

É importante ressaltar que essas simulações vão ajudar sua empresa a se posicionar, de uma forma segura, como um ambiente aberto à experimentação.

Isso é algo fundamental para os tempos atuais, em que o processo de reinvenção do trabalho vem exigindo dos profissionais uma grande capacidade de se adaptar e reagir rapidamente a mudanças.


2. Utilize diferentes métodos de aprendizagem

Assim como as pessoas são diferentes umas das outras, elas também têm diferentes maneiras de absorver o conteúdo de um treinamento.

Você já deve ter ouvido falar da teoria das inteligências múltiplas, não é?

Em resumo, ela diz que cada pessoa pode “ser inteligente” de nove maneiras diferentes seja por meio da linguagem, da matemática, da arte ou das relações interpessoais, por exemplo.

Esse conceito deve ser observado também nos processos de treinamento que envolvem técnicas de ensino e aprendizagem.

Afinal de contas, tem gente que aprende melhor lendo, outros assistindo um vídeo, enquanto outros podem tirar mais proveito de atividades em grupo. Chamamos estes recursos de "objetos de aprendizagem", que, quanto mais diversificados, mas eficientes e adaptáveis serão.

Procure oferecer também diversos métodos de ensino para ter certeza de que todos na equipe possam absorver o treinamento do seu jeito e no seu próprio ritmo. Cada participante deve se sentir único, porém fazendo parte de um grupo.


3. Promova palestras internas

Trazer consultores de fora para falar com a equipe é sempre interessante, mas às vezes o melhor palestrante pode estar no seu próprio time.

Sabe aquele colaborador que “sabe tudo” sobre determinado procedimento do dia-a-dia do trabalho? Ou então aquele que entende profundamente o mercado? Ou outro que desenvolveu uma solução inovadora para a empresa?

Todos esses conhecimentos podem (e devem) ser compartilhados com o restante da equipe.


Por isso, converse com esses profissionais e convide-os para dar palestras internas ou conduzir um workshop com os colegas.

Além de trazer resultados excelentes na capacitação da equipe, essa ação também tem um caráter motivacional, pois o funcionário convidado percebe que seu desempenho e conhecimento estão sendo reconhecidos pela empresa.


Mas é importante que ele seja treinado por profissionais especializados em aprendizagem, pois não necessariamente quem conhece bem um determinado assunto tem a facilidade inata de organizar esse conhecimento e ensinar. Este processo é conhecido como TTT (train-the-trainers), ou seja, “treinar os treinadores”.


4. Faça rotação de funções

Para que um colaborador possa entender como funciona o seu negócio, nada melhor do que trocá-lo de posição de vez em quando.

Não importa se ele atua em uma área específica e com funções bem delimitadas, conhecer a empresa e seus processos internos vai aumentar seu engajamento e melhorar sua capacidade de entender o trabalho dos colegas.

Esse conhecimento básico sobre as demais funções da equipe também é bastante útil caso aconteça alguma emergência ou situação que cause o afastamento de um colega de forma imprevista.

A rotação de funções pode ser feita uma vez por mês ou mesmo a cada semana, dependendo do tamanho da equipe e do volume de trabalho na empresa.

É uma ação excelente para que as pessoas “saiam do automático” e se tornem mais atentas ao que está acontecendo à sua volta.

Também é útil para que o colaborador perceba seu próprio papel na empresa sob uma perspectiva diferente, especialmente quando tiver que explicar seu trabalho a um colega que veio de outro departamento.

A rotação de papéis aumenta a tolerância entre as áreas, relevando as possíveis falhas simplesmente por um conhecer melhor o papel do outro.

Esse tipo de iniciativa também é bastante usada na preparação de executivos que serão designados para desafios maiores na empresa.


5. Invista no ensino a distância (EaD)

Utilizar um ambiente de aprendizagem online é uma ótima alternativa para treinar seus colaboradores sem grandes custos e com muita flexibilidade.

Como os alunos e orientadores não precisam estar no mesmo lugar ao mesmo tempo, a absorção do conteúdo pode se dar de acordo com a disponibilidade de cada um.

E o melhor: sem os custos de transporte ou locação de um espaço para as aulas, por exemplo.

Outras vantagens do ensino a distância incluem um maior controle sobre o consumo do conteúdo e a facilidade para fazer alterações no material apresentado.

Além disso, o EaD funciona muito bem combinado com treinamentos ao vivo (sejam eles presenciais ou por webinars) que focam no desenvolvimento das habilidades a serem desenvolvidas e não somente no conhecimento.

Conceitos teóricos podem ser trabalhados nas aulas à distância para preparar os colaboradores para as dinâmicas executadas no treinamento prático, reduzindo o tempo do curso presencial e, consequentemente, os investimentos.


Como motivar sua equipe em 5 dicas


1. Esteja presente mostrando apoio e interesse

Um gestor preocupado em motivar seus colaboradores deve reservar um espaço na sua agenda diária para se mostrar presente, visitando cada equipe para perguntar se precisam de auxílio ou orientação.

Procure naturalizar essas visitas para não criar um clima desagradável de cobrança sobre a equipe. As avaliações de desempenho e produtividade virão na hora adequada.

Mantenha um tom cordial e demonstre interesse legítimo em melhorar as condições de trabalho dos seus colaboradores. Dessa forma eles se sentirão apoiados e prestigiados, aumentando a motivação.


2. Dê mais autonomia às equipes

Não há mais espaço no mundo moderno para organizações muito verticalizadas, onde predominam ordens “de cima para baixo” e as atividades dos trabalhadores são controladas nos mínimos detalhes.

Isso mina a confiança das pessoas, que se sentem como se fossem máquinas operando dentro de uma programação rígida.

O ideal é abrir algumas discussões estratégicas com a equipe e delegar certas decisões para que o gestor não precise controlar tudo de forma tão rígida.

Equipes com autonomia para desenvolver seu pensamento estratégico e sua criatividade tornam-se mais motivadas e comprometidas em encontrar soluções para os problemas da empresa.

Mas é claro que seus funcionários precisam estar bem preparados para assumir essa responsabilidade. Por isso, esta ação motivacional deve estar intimamente ligada aos esforços de treinamento e desenvolvimento de pessoas.

Lembre-se de que delegar não é "delargar", por isso dê autonomia e esteja presente!


3. Dê atenção especial às equipes remotas

Hoje, muitas empresas já reconhecem que o trabalho remoto chegou para ficar e que manter funcionários trabalhando de casa pode ser uma alternativa interessante para reduzir custos.

Mas essa conclusão só chegou depois que elas foram pegas de surpresa pela pandemia de Covid-19.

Devido à necessidade de isolamento social, muitas empresas simplesmente transferiram suas equipes para o home office sem qualquer tipo de treinamento ou apoio para enfrentar os desafios dessa modalidade de trabalho.

Isso tudo acabou gerando uma multidão de colaboradores desmotivados e desengajados.


O senso de pertencimento se tornou mais importante do que sempre foi historicamente. Portanto, é fundamental entender as necessidades das equipes que atuam remotamente, prestando o apoio necessário (desde equipamentos até suporte psicológico) e promovendo treinamentos adequados para essa nova realidade.


4. Busque parcerias para oferecer benefícios

Uma forma simples e prática de motivar sua equipe é fazer parcerias com outras empresas para oferecer benefícios e descontos aos colaboradores.

Essa é uma prática muito comum em grandes corporações, mas pode ser utilizada por empresas de todos os portes.

Você pode conversar com instituições de ensino, academias, restaurantes e até agências de viagens para conceder descontos aos funcionários da sua empresa.

Nesse caso, é importante que a área de Recursos Humanos centralize a gestão desse pacote de benefícios, encarregando-se de procurar possíveis parceiros, negociar com eles, formalizar acordos e orientar os colaboradores sobre como utilizá-los.


5. Celebre os resultados e reconheça o esforço

Uma atitude importante para manter sua equipe motivada é reconhecer o esforço dos colaboradores e celebrar os resultados obtidos.

Vá além da tradicional “festa da firma” no final do ano. Quando as metas forem atingidas, por que não convidar a equipe para jantar ou mesmo fazer uma pequena reunião informal na sede da empresa?

Esse pode ser o momento ideal para elogiar aqueles colaboradores que mais se destacaram, sem esquecer de valorizar também o trabalho coletivo.

Se você acha que pode ser complicado fazer elogios em público a profissionais específicos, procure falar com eles em particular para expressar seu reconhecimento. Porém, ressaltamos que o ideal é reconhecer em público e criticar individualmente.


Conte conosco para treinar e motivar suas equipes


Gostou das dicas selecionadas pela nossa equipe?



Aqui na Insider, temos um time de profissionais apaixonados por aprendizagem, treinamento e desenvolvimento de pessoas.

Desenvolvemos uma metodologia própria, que inclui projetos de universidade corporativa, atividades vivenciais e cursos presenciais e online, entre outras ferramentas.


Estamos prontos para ajudar você a aplicar as ideias que acabou de ler neste artigo, estruturando uma jornada de conhecimento que levará sua equipe (e sua empresa) a atingir seu máximo potencial.

Viste nosso site e deixe seus dados. Um de nossos especialistas logo entrará em contato para entender as necessidades do seu negócio.


1.414 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page